Chega ao mercado brasileiro o primeiro vermute feito à base de jabuticaba

 O vermute é uma bebida alcóolica feita à base de vinho, com adição de flores ou ervas aromáticas. Muito comum em países com tradição na produção de vinhos como Itália e França.

 Apesar de a sua origem remeter a Grécia antiga, ele tem sido considerado uma das próximas tendências do mundo, assim como destilados sul-americanos, produtos locais e bebidas mais complexas.

 Foi acompanhando essa tendência que a sommelière de cachaça, Isadora Bello Fornari, ao lado do Cachacier, Mauricio Maia e do empresário Paulo Leite, dono do Empório Sagarana, começaram há cerca de um ano a desenvolver um produto que entregasse ao mercado nacional essas tendências de uma forma bem brasileira; e assim, chegaram ao fermentado de jabuticaba fortificado com infusão de botânicos, ervas e madeiras brasileiras em cachaça: o Virgulino Ferreira.

Chega ao mercado brasileiro o primeiro vermute feito à base de jabuticaba

 Na versão brasileira, a uva deu lugar à jabuticaba, uma fruta genuinamente nacional. “No Brasil, as frutas e safras são muito concentradas em um determinado período, isso faz com que a gente perca o produto ou não aproveite o total potencial deles. Foi pensando em aproveitar esse potencial da jabuticaba e de outros ingredientes nacionais pouco difundidos que criamos o Virgulino Ferreira”, relata Isadora. “São ao todo 11 ingredientes. Entre eles, amburana, cacau, mate e ora pro nobis”, complementa Isadora.

 O nome Virgulino Ferreira, o Lampião, pretende trazer a questão da justiça. Assim como o famoso personagem nordestino, os idealizadores do produto querem fazer justiça com os ingredientes nacionais que muitas vezes são esquecidos ou desperdiçados por puro desconhecimento.

 O VF é um vermute que é complexo, com nariz adocicado e ácido na boca e finaliza com um leve amargor. Os idealizadores o definem como complexo, seco e justiceiro.

 Em São Paulo, é possível apreciá-lo em drinques feitos por bartendes renomados como Jean Ponce no Guarita Bar (Rua Simão Alvares, 952 –Pinheiros) e Marco De La Roche, que colocou a bebida em uma das receitas do tradicional Riviera (Avenida Paulista, 2584 – Consolação). Além do Estepe Bar (Rua Cunha Gago, 588 – Pinheiros), onde é possível provar o Cálice com VF, campari, amaro e suco de laranja por R$ 22.

Preço sugerido: R$ 79,90 (500ml)

Onde comprar: Empório Sagarana  - Rua Aspicuelta, 271 - Alto de Pinheiros

Sobre o Autor

Deixe seu comentário